Donkey Kong Tropical Freeze

PS_WiiU_DonkeyKongCountryTropicalFreeze_PEGI3Mudanças climáticas drásticas podem provocar problemas de saúde e outros transtornos. Principalmente se você vive numa ilha tropical e do nada ela se torna pior que um freezer. Se muitos de nós não gostamos de uma mudança não radical dessas, por que o gorila mais famoso do mundo dos games ficaria quieto numa situação dessas? E é entrando nessa “fria” que DK e sua turma se aventuram de volta a casa. Donkey Kong Tropical Freeze é um game de plataforma exclusivo do Wiiu, produzido pela Retro Studios e publicado pela Nintendo em Fevereiro de 2014 dando continuidade a série Country iniciada no SNES na década de 90, sendo o primeiro a ser produzido em HD.

Entrando numa fria

O game começa quando Donkey Kong e seus amigos, Diddy, Dixie e Cranky, estão numa festinha marota que parece ser o aniversário de DK quando no nada são surpreendidos por um grupo nórdico de vikings que lança

Estragou a festinha de DK.
Estragou a festinha de DK.

um poderoso dragão de gelo que além de transformar toda a ilha tropical de DK em um picolé, lança a macacada toda para bem longe do seu lar. E nessa confusão toda, Dk e sua turma tem que atravessar várias ilhas ate chegar em sua ilha natal que foi dominada pelos vikings.

Macacada Reunida

Em tropical freeze além de Dk podemos jogar com Diddy, Diexie e Cranky nos auxiliando, cada um com uma característica distinta do outro. Diddy segue a mesma linha do DK Returns e conta com seus jetpack nas costas que permite que possamos planar por alguns instantes ajudando assim a alcançar plataformas mais distantes. Já Dixie ao contrario dos games antigos da série, não plana mais com seu cabelo como antes, mas sim permite um impulso para cima que ajuda a alcançar objetivos mais alto que o pulo de DK permite chegar. Tanto ela como Diddy usam essas habilidades quando segurado o botão de pulo após saltar. Por outro lado Cranky é novato em se tratando de poder ser selecionado para a jogatina. Sua habilidade é poder saltar por espinhos usando sua bengala ao melhor estilo Tio Patinhas do clássico Ducktales do Nes.

Qual você escolhe?
Qual você escolhe?

Diferente dos outros dois que bastava segurando o botão de pulo, precisamos apertar o pulo sempre que nos aproximarmos dos espinhos servindo como uma mola e dessa forma alcançando lugares cercados por espinho. Cada um com sua habilidade permite chegar a áreas que os demais não seriam capazes, tornando o gameplay mais variado e estratégico. Pena que quando jogado com apenas um player os nossos companheiros servem apenas de suporte e só podem ser controlados caso a campanha siga com dois jogadores.

Diversidade sempre…

Uma característica que sempre esteve presente nos games da série DK Country é a diversidade de cenários, mundos e inimigos. E TF (tropical Freeze) não fica atrás. Cada mundo que passamos é uma ilha distinta que conta com um tema específico como tropical, congelada, frutíferas e muitos outros. Cada mundo com cenários que na maioria das vezes remete ao tema da ilha o que dá aquele gostinho de saudosismo à série que lembra bastante os clássicos do SNES. As fases dessa vez estão maiores e é normal encontrar 2 ou até 3 checkpoints durante a fase o que assegura uma campanha bem duradoura. Os inimigos também são temáticos em sua maioria, mas também contamos com os inimigos principais do game que são animais que vivem no frio.

Snowmads, o principais inimigos do game
Snowmads, o principais inimigos do game

Assim como os kremlings eram na série do SNES, aqui temos muitas variações de pinguins, leões marinhos e outros animais de clima frio. Uma adição ao game foram os caminhos secretos espalhados pelo mapa. No mapa de seleção de fases, nem todas estão acessíveis, necessitando que o jogador encontre caminhos alternativos em algumas fases para ter acessos a outras fora do caminho normal. Isso com certeza aumentou ainda mais o fator exploração do game. Além das fases no mapa, em cada mundo encontramos a loja de funky Kong,

Funky e suas "muambas"
Funky e suas “muambas”

onde são vendidos itens que ajudam na campanha como moedas, vidas e até o papagaio Squawk que serve para encontrar bonus nas fases. Outra mudança simples mas que gostei muito foi o fato de no mapa de fases o jogador ver Dk e seus amigos se deslocando entre as fases e ao apenas o a imagem do rosto deles como acontecia em DK Returns.

Temos que achar!

A série sempre manteve o clima de exploração nas fases em busca de bônus e outros colecionáveis. Aqui como em DK Returns ganhamos peças de quebra-cabeça ao vencer as fases de bônus escondidas dentro das fases do game. Essas peças de quebra-cabeça também podem ser achadas fazendo determinadas ações dentro das fases como coletar todas as bananas de uma ares, achar uma passagem secreta ou matar certos inimigos e servem para desbloquear artes conceituais e estatuetas de personagens no menu galeria do jogo. Um fator que realmente me decepcionou bastante foi a variedade das fases de bônus.

Fases de bônus muito repetitivas :/
Fases de bônus muito repetitivas :/

São sempre nos mesmos cenários de fundo e a variedade da mecânica dos bônus é baixa, sempre variando entre plataformas com molas, barris e plataformas que se mexem de um lado pro outro. Isso com certeza tira um pouco a graça de tentar colecionar todas as peças. Por outro lado as 4 letras que foram a palavra KONG que ficam espalhadas pela fase tiveram uma grande importância nesse game. Assim como em DK Returns, ao coletar todas e formar a palavra Kong, a fase fica sinalizada no mapa principal. Se você adquirir a palavra KONG de todas as fases do mapa, inclusive as secretas, você desbloqueia uma nova fase. Essa fase tem uma dificuldade mais elevada e não conta com checkpoints exigindo mais da habilidade do jogador. Ao terminar essa fase, o jogador recebe uma relíquia. Coletando as relíquias de cada ilha, jogador poderá desbloquear um novo mundo secreto após ter finalizado a campanha principal. Ainda contamos com o símbolo DK que também marca a fase e que nos jogos antigos era uma moeda. Após terminar uma fase, é habilitado o time Trial onde você pode correr como um louco para conseguir o menor tempo possível e assim ganhar o DK de bronze, prata ou o tão almejado ouro. Além disso, os tempos podem ser upados para internet e comparados com os tempos de outros jogadores.

Balançar controles nunca mais!! Ou não?

Uma grande crítica ao DK Returns é o fato da obrigatoriedade de balançar os controles para executar alguns movimentos de DK. No game podemos usar a clássica rodopiada que impulsiona o personagem e bater no chão com socos para revelar passagens e quebrar objetos. No DK returns esses movimentos eram acionados balançando o Wiimote e/ou nunchuck dependendo de como você escolheu jogar. Esse problema foi revolvido em parte em TF. Quando jogamos sozinhos controlamos a macacada com o Gamepad e os movimentos citados são acionados com simples pressiona de botões.

Deixa tua mãe assistir novela, tu tem o gamepad :P
Deixa tua mãe assistir novela, tu tem o gamepad 😛

Mas quando jogando com dois players, o segundo por usar os controles do wii fica fadado a mesma jogabilidade de balançar os controles. Eu particularmente detestei sacudir os controles para girar e pular mais longe por exemplo. É simplesmente desconfortável e cansativo.

Além de ter melhorado e MUITO a jogabilidade do jogo por trona-lo mais parecido com os clássicos de SNES, o gamepad também permite ao jogador o recurso off-tv, exibindo a jogatina no próprio controle dispensando assim a TV. Fica a cargo do jogador selecionar qual modo de exibição acha melhor para o momento. Além disso, é possível configurar os botões de ação como rodopiar e socar o chão, o de segurar objetos, além de correr. O jogador por trocar a posição dos comandos entre algumas opções pré-determinadas e escolher entre correr usando o analógico ou segundo o botão.

Ataque que derrota todos os inimigos da tela
Ataque que derrota todos os inimigos da tela

Além desses recursos uma nova habilidade inserida nesse game é um ataque que pode ser usando quando uma barrinha localizada ao lado da foto dos personagens enche. Para isso o jogador deve estar com dois personagens e apertar L+R, fazendo com que todos os inimigos que aparecem na tela sejam automaticamente derrotados. Depois de usado, esse recurso vai recarregando a medida que o jogador esteja com 2 personagens.

Música para gorila nenhum botar defeito

O game conta com músicas belíssimas que encantam a jogatina e todos que as ouvem. Em sua maioria são composições novas, mas também ouvimos muitas das músicas consagradas da série em versões remixadas e arranjadas. Afinal, contamos com Dave Wise, compositor original das músicas da série Donkey Kong Country.

Dave Wise. Esse é o cara!
Dave Wise. Esse é o cara!

Uma música que tirei o chapéu nesse game foi a da fase 2-1 Windmill Hills que é simplesmente sensacional. Dk sempre foi um game com músicas ótimas e esse com certeza não poderia ficar para trás. Por isso, jogue com som alto e preste muita atenção nas músicas novas e reconheça as novas mixagens caso você tenha jogado os clássicos do SNES.

DK Tropcial Freeze é um game com grande qualidade que vem para dar uma força aos títulos do Wiiu já que o console não anda tão bem assim. Muito superior ao DK Returns em muitos aspectos como músicas e controles, sem contar com gráficos HD proporcionados pelo hardware do Wiiu. Peca por ter bônus repetitivos e o jogador single não poder trocar de personagem, mas brilha majestoso em meio a tantos detalhes e melhorias. Game indispensável para donos do console da Nintendo.

positivoPositivos

  • Gráficos Lindos em HD
  • Ótima jogabilidade no gamepad
  • Músicas envolventes
  • Fases mais longas e bom tempo de campanha
  • Fases diversificadas

Negativos

  • Fases de bônus repetitivas
  • Não podemos alternar entre personagens

Postado por pablo post

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: